Indicações audiovisuais diferentonas

Salve, salve, seres humanos da terra.

Recentemente eu me juntei a um grupo de blogueiros no facebook. Um grupo chamado Café com Blogs.

Uma das iniciativas surgidas no grupo é a Blogagem Coletiva, onde surge um tema e alguns dos blogs falam sobre aquele tema. O tema dessa vez é “FILMES/SÉRIES/DOCUMENTÁRIOS – ACHADOS QUE O MUNDO PRECISA SABER!”.

Como o tema inclui, Filmes, Séries e Documentários, vou indicar um de cada. Então vamos lá.

Dark City (1998)


Dark City
é um filme desconhecido que eu sempre indico em podcasts e em conversas de bar também. Dark City conta a história de John Murdoch, um homem que acorda sem memória em uma cidade onde sempre é noite. Ele é caçado por pessoas estranhas e aos poucos ele vai percebendo que sua percepção pode lhe enganar e que nada é o que parece.

É um filme que faz um dos grandes questionamentos da humanidade: O que te garante que o que você enxerga, ouve, e sente, é real? O que é a realidade? O fato de sentirmos algo garante que aquilo é real?

Falando desse jeito parece que se trata de um filme filosófico e mortalmente chato sobre realidade e sonhos, mas na verdade essa discussão aparece como pano de fundo de um filme de perseguição quase noir com um aliens, poderes e um final surpreendente.

O interessante é que esse filme é de um ano antes de Matrix, que também vai abordar essa questão.

Recomendo muito Dark City, que veio para o Brasil como Cidade das Sombras (Não confundir com City of Shadows que é outro filme). Assistam!

Top of the Lake


Essa série eu conheci como recomendação em uma disciplina sobre feminismo na universidade. Ela é pouco conhecida e o motivo é muito simples: Não é uma série para pessoas fracas. Explico.

A primeira cena da série é uma garota de 10 a 12 anos (já não me lembro a idade, mas é por aí) anos tentando se matar por que está grávida. É foda. Eu sei.

Essa é o tipo de série que me faz lembrar que a arte não existe só para entretenimento, só para diversão. Algumas obras são feitas para incomodar e, com o incômodo, trazer uma reflexão. Essa é uma dessas séries.

Top of the Lake fala de estupro, abuso infantil, aborto, sexualidade dentre outras coisas. Não é o tipo de série para você assistir se quiser se divertir. É o tipo de série para você assistir se quiser pensar e lembrar como a humanidade é horrível. Recomendo, mas não para todo mundo.

Super Size Me – A Dieta do Palhaço


Enquanto eu pensava em qual documentário eu escolheria eu percebi que não assisto muitos documentário. Então vou indicar esse aqui que eu vi a muito tempo.

Super Size Me – A Dieta do Palhaço, mostra o experimento de um cara (não me lembro mais o nome do cara, faz muito tempo) que era vegetariano, tinha uma saúde perfeita, e resolve comer única e exclusivamente no MC Donalds durante um mês.

Ele viaja pelos Estados Unidos comendo em MC Donalds, discutindo a alimentação das crianças e as leis que regem essa alimentação em cada estado e, basicamente, morrendo.

O que poderia ser só uma chatice sobre nutrição, fica divertido por que você fica esperando o cara ter um infarto com 30 anos.

Bem legal. Recomendo.






Como disse antes, esse post faz parte da Blogagem Coletiva do grupo Café com Blogs.
Também participaram desse projeto:
Retipatia
Fala Tef
Deixa Combinado
Wink
Era Uma Vez uma Menina
Profano Feminino

Então é isso. Espero que tenham curtido.
Curtiu? Conhecia o que eu indiquei? Pretende conhecer o que eu indiquei?
Deixe aí seu comentário.
Curta a fanpage, siga no twitter.
Compartilhe esse post.
Um abraço.
E tchal.

Vulto

Desprezível.

Você pode gostar...

  • Nani Mota

    Realmente não sei se daria conta de assistir uma série tão pesada, mas é importante saber que ela esta ai e precisa ser divulgado.

    • Importante divulgar né.

      Obrigado por comentar.

  • Muryel Oliveira

    Gente, que filmes são esses? Hahahah achei eles muito loucos é realmente diferentes! Estou me estranhando porque normalmente eu só assisto romance é drama, mas tenho assistido filmes diferentes ultimamente!

    • Dark City é o diferente legal. Recomendo muito.

      Obrigado por comentar.

  • Profano Feminino

    Todas as suas dicas são super relevantes. Fiquei curiosa por Super Size Me – A Dieta do Palhaço. Já Top of the Lake parece ser uma tapa na cara da sociedade, mas não sei se tenho psicológico para tantos assuntos complexos.

    • O Super Size Me é sobre algo sério, mas trata de um jeito bem divertido, quase lúdico.
      O Top of the Lake já é mais pesado mesmo.

      Obrigado por comentar.

  • Mia

    Sou louca pra ver Super Size Me faz algum tempo. Apesar de não ser uma grande consumidora de documentários, há alguns, como esse, que me chamam a atenção por tratarem de assuntos importantes como a alimentação – tão importante, mas pra o qual ninguém dá a mínima se tiver de mexer em seus hábitos.

    Boas as indicações.

    • Infelizmente o Super Size não está no catálogo da Netflix no momento (eu acho), mas pode estar na baia pirata mais próxima de você. Fica a dica 😉

      Obrigado por comentar

  • Renata Borges

    Adorei a recomendação de Dark City, me lembro que alguém já tinha me indicado há um bom tempo e já nem lembro mais quem foi… Foi bom que relembrou aqui que ainda não assisti e parece muito boa (especialmente pela parte filosófica da coisa toda…). Vou pesquisar sobre a série para ver também!
    xoxo

    • Assiste sim!
      E depois volta aqui para me agradecer ou me xingar.

      Obrigado por comentar 🙂

  • Nana Araujo

    Infelizmente a gente semprw quer que o cara se ferre do final kkkkkkk
    É… Lembro que essa série virou meio uma lenda urbana, nunca tinha visto algo real sobre ela, só relatos de “tem um cara que fez isso…”, Só que é óbvio que se tu passa a comer só UM tipo de comida, ou UM tipo de prato… Algo vai dar errado!!!! Kkkkkkk
    Vi um documentário parecido com esse do seriado quem começa com a menina de 12 anos, não era tão pesado, acho, mas fiquei impressionada, mesmo sendo mulher e vivendo algumas coisas que pra gente, hoje são quase que absurdas. Ainda existe mulheres vivendo em condições desumanas!
    Gostei muito dá indicação de filme!!! Quero muito assistir, está anotado e tô bem curiosa!

    Beijos

    • Tem o Jack Bauer no filme, bem mais novo.
      Fiquei curioso com esse documentário aí.

      Obriagado por comentar.