LIGHTNINGFACE, um curta com Oscar Isaac

Salve, salve, seres humanos e super pessoas da terra.
Mais um dia, mais um curta metragem. O curta de hoje é um curta com o Oscar Isaac (Poe Dameron, Apocalipse) e se chama Lightningface. A história de um cara que é atingido por um raio e fica maluco.

 

 

A sinopse é a seguinte:

An origin story, of sorts—LIGHTNINGFACE stars Oscar Isaac as Basil Stitt, who in the aftermath of an inexplicable incident, decides to sequester himself inside his apartment, setting the stage for a profound transformation.

Traduzindo:

Uma história de origem e de escolhas – LIGHTNINGFACE, é estrelado por Oscar Isaac como Basil Stitt, que, depois de um incidente inexplicável, decide se prender dentro de seu apartamento, preparando o palco para uma profunda transformação.

 

Geralmente eu digo para assistir e depois eu comento, mas dessa vez eu quero fazer um comentário antes. Achei chato pra caramba e tem 20 minutos. Assiste se quiser e depois eu faço o resto dos comentários.

 




 

Eu vivo dizendo que eu adoro curtas, mas isso não quer dizer que todos sejam bons.

A primeira coisa que eu tenho que dizer é que eu não sei se o curta é uma comédia ou um drama super profundo de transformação. Acho que é uma mescla nada funcional das duas coisas.

Um cara que é atingido por um raio e tem como maior problema uma ferida no rosto até funcionaria se fosse comédia, mas ele tenta ser depressivo e profundo e não da pra levar a sério.

No final, do nada, ele vira uma mistura de Capitão Marvel com Homem Vergonha sem poderes e é isso. 20 minutos pra isso. Me parece um filme feito por fãs de Donnie Darko.

 

 

Ah sim. O Oscar Isaac está muito overacting, não curti tanto.

Eu já estava esquecendo de falar bem de uma coisa. A trilha sonora é muito boa.

Lightningface é dirigido por Brian Petsos. O Oscar Isaac é produtor.

Então é isso. Um curta bem longo e bem chato. Não curti não.
E você? Chegou a assistir ou pulou? Gostou?
Deixe sua opinião aí nos comentários.
Curta a fanpage, siga no twitter e no instagram.
Compartilhe esse post.
Um abraço.
E tchal

via Geek Tyrant


Vulto

Desprezível.

Você pode gostar...