RAKKA, curta metragem incrível sobre invasão alienígena

Salve, salve, seres humanos da terra.
Eu não sou um grande fã de ficção científica. Na verdade eu até gosto muito, mas não conheço o suficiente para sair por aí falando que sou fã, mas isso é a parte que não importa. O que importa é que hoje eu tenho um curta foda de Ficção Científica para vocês. O nome é Rakka!

 

O que esse curta, Rakka, tem de especial? Ele não é um filme independente feito por uma galera desconhecida. Ele é um filme independente feito por um carinha chamado Neill Blomkamp, diretor de Distrito 9 e Elysium. E tem a Sigourney Weaver no elenco. Acho que isso é suficiente.

Rakka é um projeto experimental feito para vender a ideia de um projeto maior e mais audacioso. Segue a sinopse:

RAKKA is the story of broken humanity following the invasion of a technologically superior alien species. Bleak harrowing and unrelenting, the humans we meet must find enough courage to go on fighting.

Traduzindo:

Rakka é a história de uma humanidade quebrada após a invasão de uma espécie alienígena tecnologicamente superior. Desolados e endurecidos, os seres humanos devem encontrar coragem suficiente para continuar lutando.

 

Assista ao curta e não se espante com os 21 minutos de duração. Vale muito a pena.

 




 

Para um filme fora do cenário tradicional de produção Hollywoodiano, Rakka é uma monstruosidade. E nesse caso, monstruosidade não significa algo ruim, muito pelo contrário.

Os efeitos especiais do filme e as atuações são dignas de grandes filmes por aí. Simplesmente sensacional.

O roteiro parece muito interessante apesar de não ser fechado em si mesmo. Ainda tem muita coisa em aberto e meu inglês é limitado. Apesar disso a narrativa visual é mais que o suficiente para me fazer querer ver o resto. Quero mais. Como eu faço?

Como você faz? Você pode entrar no site do estúdio responsável e, além de conhecer mais sobre o projeto, ajudar o projeto com dinheiros.

 

Rakka

 

Além disso, o estúdio liberou uma série de recursos que foram utilizados no filme. Para os entusiastas do cinema, vale muito a pena ver esse link aqui.

Então é isso. Puta filme. Baita projeto. Gostei para caramba!
E você? O que achou?
Deixe aí seu comentário.
Curta a fanpage, siga no twitter e no instagram.
Compartilhe esse post.
Um abraço.
E tchal.

via Nerd Approved


Vulto

Desprezível.

Você pode gostar...