A Poderosa Thor #1 – review

Salve salve seres humanos da terra.

Recentemente a Marvel fez algumas mudanças em alguns personagens. Uma dessas mudanças foi a perda do posto do Mjolnir, e por consequência do posto de Thor, pelo filho de Odin e o surgimento da nova Thor.

The Mighty Thor 001-000b

 

A primeira série da nova Thor começou no ano passado e foi interrompida por conta da grande mega saga Guerras Secretas. Nessa primeira série a nova Thor surge enquanto o Odinson (o antigo Thor) acaba perdendo o braço em uma batalha contra Malekith, o Amaldiçoado. No fim da série anterior a identidade da Thor se revela (apenas para o leitor) como sendo a Doutora Jane Foster.

Esse post é sobre a série nova, que começou no esse ano.

O que você precisa saber?

Jane Foster é a nova Thor, procurada como traidora, impostora e ladra do Mjolnir.

Odin nomeou seu irmão Cul Borson como Ministro da Justiça, prendeu a deusa Freyia, sua esposa, e atualmente está trancafiiado em sua torre.

O antigo Thor, agora chamado apenas como Odinson, está desaparecido.

Laufey, o rei dos Gigantes e pai do Loki foi ressucitado por Malekith.

Malekith fez um pacto com Dario Agger, o líder inescrupuloso e superpoderoso da empresa maligna Roxxon, e iniciou uma guerra contra os elfos de Alfheim.

Depois de todo esse preview gigantesco eu posso começar finalmente com o review.

The Mighty Thor 002-001

A história começa com a Jane Foster fazendo seu tratamento regular contra o câncer e narrando magistralmente como as sensações são horrorosas e como sua vida como Thor atrapalha no processo. Do jeito que eu expliquei parece idiota, mas na revista é mais interessante.

O arco começa quando corpos de elfos mortos surgem no espaço com uma mensagem:

 

The Mighty Thor 001-008

 

Essa incursão na terra acaba derrubando um satélite da Roxxon e a Thor tem que entrar em ação para evitar uma catástrofe.

Então Jane Foster parte para Asgard, onde ela faz parte do conselho dos mundos como representante de Midgard (nosso mundo). No conselho, os elfos de Alfheim acusam os elfos negros de começarem a guerra enquanto os representante dos outros reinos ficam discutindo sem resolver nada.

A Thor, depois de oferecer ajuda para libertar a Freyia, decide ir para Alfheim (o reino dos elfos que está sendo invadido pelos elfos negros) resolver a guerra por si mesmo, mas para isso precisa da ajuda Heimdall, o guradião da Bifrost. Chegando lá ela acaba emboscada por Cul Borson, o ministro da justiça e sua nova força, a Guarda do Trovão.

The Mighty Thor 001-026

Enquanto isso, Malekith e Adler convocam o Conselho Sombrio (Ulik o rei dos Trolls, os representantes de Muspelheim, Laufey o rei dos Gigantes de Gelo) para avaliar a entrada de um novo membro.

 

The Mighty Thor 001-029

 

Acho que o segredo do sucesso pra uma primeira edição é ter uma história interessante e com um cliffhanger que te faça querer ler a próxima edição. Thor #1 não só consegue fazer isso, como consegue ser uma história onde acontece um monte de coisas. Temos o começo de uma guerra, um conselho super tenso, uma reunião de vilões, um salvamento, o drama da Jane Foster enfrentando o câncer, uma conversa muito legal com a Freyia e dois cliffhangers ma mesma história.

É uma história que me pegou e eu li a ediçaõ #2 antes de parar para escrever esse post. Recomendo muito essa hq.

Fim do review.

Bom, eu ia escrever review das edições 1 e 2 juntos, mas como eu tive que fazer uma introdução enorme eu preferi fazer da número 1 apenas.

De uma forma geral eu gosto de fazer reviews só de edições número 1. Se alguém quiser review das outras edições, peçam aí nos comentários.

É isso. Leiam a história. Espero que gostem. Comentem aí.

E tchal.

Vulto

Desprezível.

Você pode gostar...