Sandman, Teatro do Mistério: Tarantula (hq) – resenha

Salve, salve, seres humanos e homens de areia.
Passando para falar de uma hq que está ali variando entre um clássico e o total desconhecimento de todos. Hoje eu vou falar de Sandman, Teatro do Mistério.

 

Sandman Teatro do Mistério Tarantula Capa

 

Primeira coisa: Sabe aquele Sandman que é irmão da morte, todo mundo gosta e tem umas edições de luxo mortalmente caras? Esse Sandman dessa história não é esse.

Sandman dessa história é o clássico. Criado lá em 1941. Um sujeito com uma máscara de gás e uma arma que dispara um gás que nocauteia as pessoas. Um detetive noir em um mundo sombrio e horrível.

Essa história é escrita em 93 com o intuito de reimaginar o personagem, mas se passa em 1938, a época onde o personagem pertence.

 

 

A sinopse é mais ou menos a seguinte: Wesley Dodds retorna a Nova York para reassumir os negócios do pai enquanto age à noite como Sandman. Usando seus contatos na alta sociedade e na política, ele investiga uma série de sequestros de mulheres, que são brutalmente assassinadas depois de seus sequestros. O promotor, a sua filha Dian, um detetive e um juiz aposentado amigo de Dodds são os coadjuvantes dessa história.

É uma história sobre pesadelos e o pior do ser humano. Tem um clima noir com cheiro de revista pulp.

 




 

O que eu achei?

É uma excelente história de detetives dos anos 30, 40, mas sem algumas breguicies da época. O roteiro é primoroso e os diálogos são muito bons também. Os personagens são complexos mesmo sem ter muito tempo para serem apresentados.

A arte pode incomodar algumas pessoas por ser uma arte muito estilizada. Eu gostei bastante, apesar de achar alguns personagens muito parecidos em alguns momentos. As páginas que mostram os pesadelos de Wesley Dodds são simplesmente geniais.

Sandman, Teatro do Mistério saiu originalmente como uma minissérie em 4 edições. Essa edição da Panini é um desses encadernados finos, mas de capa dura, com as 4 edições.

É uma hq muito boa de ler e está sempre em promoção na Amazon. Recomendo muito para quem é maior de idade. Quem é menor tem que esperar para ler.

 

 

Roteiro: Matt Wagner
Arte: Guy Davis
Cores: David Hornung

Se gostou, compre na Amazon, e ajude o site a crescer.

Então é isso. HQ excelente e sempre baratinha. Recomendo muito.
Deixe sua opinião aí nos comentários.
Curta a fanpage, siga no twitter e no instagram.
Compartilhe esse post.
Um abraço.
E bons sonhos.


Vulto

Desprezível.

Você pode gostar...

Pin It on Pinterest