Attack of the Cyber Octopuses, curta retrofuturista -trailer

Salve, salve, seres humanos e cyber polvos da terra.
Hoje eu esbarrei com um projeto no kickstarter de um filmezinho bem maroto. Parece feio, mas tem explicação. O nome do filme é Attack of the Cyber Octopuses, que é, por si só, um puta nome.

 

Attack of the Cyber Octopuses poster

 

A Sinopse é a seguinte:

The story takes place in Neo-Berlin, 2079. A dark, rain-soaked city held by mega corporations where the only enjoyment in life is connecting to cyberspace and taking “Binary Trip” a cyber drug that fries your neurons but promises a feeling better than a hundred orgasms at once. In this setting, a team of crack cyberspace detectives are investigating a new menace: an army of cyber octopuses that are terrorizing the city.

Traduzindo:

A história se passa em Nova-Berlim, 2079. Um cidade sombria e chuvosa controlada por mega corporações, onde a única forma de diversão é viver conectado ao ciberespaço e pegar “Binary Trip”, uma droga cibernética que frita seus neurônios, mas promete um sentimento melhor que uma centena de orgasmos de uma vez. Nesse cenário, um grupo de detetives do ciberespaço estão investigando uma nova ameaça: um exército de polvos cibernéticos que estão aterrorizando a cidade.

Chega de falar. Veja o trailer e depois eu comento:





A primeira sensação quando eu comecei a ver o trailer foi bem ruim. Tudo parece muito amador e meio mal feito, mas logo depois eu percebi que a ideia é essa mesmo e tudo ficou bem. “Abrace a tosqueira”.

Acho legal esse visual de “como as pessoas imaginavam o futuro nos anos 80”, esse ciberespaço meio zuado, armas de raio leisio (eu sei que é laser, ok? é uma piada), sobretudos e implantes cibernéticos bem falcatrua.

E esses polvos cara. É um troço maravilhosamente escroto. Da gosto de ter desgosto de ver. Bem legal.

Attack of the Cyber Octopuses está tentando conseguir financiamento coletivo pelo Kickstarter. Se você curtiu e tem grana pra contribuir em Euros, esse é link para o projeto.

Então é isso. Eu curti muito a ideia, mas sou mortalmente pobre e não posso contribuir.
E você? Curtiu?
Deixe aí seu comentário.
Curta a fanpage, siga no twitter.
Compartilhe esse post.
Um abraço.
E tchal.

via Geek Tyrant


Vulto

Desprezível.

Você pode gostar...