História da Ciência em Quadrinhos vol1 (quadrinho nacional) – resenha

Salve, salve, seres humanos e robôs depressivos da terra.
Voltando a falar de quadrinhos nacionais, hoje eu quero falar de mais uma hq financiada pelo catarse. História da Ciência em Quadrinhos é um projeto que visa trazer para diversos públicos o conhecimento da história da ciência. É um projeto com apoio da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP).

 

História da Ciência em Quadrinhos

 

A história começa quando Galileu Galilei é sequestrado por um viajante do tempo vindo do futuro que o leva para uma viagem pelo tempo em sua geladeira máquina do tempo.

Thurman Alphonse Raiden Drusesh Isaac Schwartz Terceiro, ou apenas Izzy, o viajante do tempo que veio do futuro, é um grande entusiasta da história da ciência e leva Galileu para conhecer os grandes feitos das pessoas que vieram depois dele. Ele viaja em uma geladeira máquina do tempo, que é maior por dentro do que por fora e é controlada por uma inteligência artificial depressiva chamada Marvin (qualquer semelhança não é mera coincidência).

No meio da história, uma nova personagem é introduzida. Seu nome é Seraphine Lisbeth Amelia Lysandra Mackenzie Scarlett Noble Delolrean, ou simplesmente Lis, que é uma alienígena que tem o cabelo que muda de cor. Ela quer levar Galileu de volta para a sua época antes que eles criem paradoxos temporais.

Nesse primeiro volume, chamado de Astronomia & Mecânica Clássica, eles passam por Tycho BraheKepler, e conhecem Sir Isaac Newton.

No fim da revista tem um texto de duas páginas falando mais sobre cada um dos cientistas que aparecem na história.

 

 

O que eu achei?

De forma geral é uma boa história. O roteiro funciona bem e a arte também funciona muito bem. Me incomoda um pouco a pouca quantidade de quadrinhos no livro. O livro é gordinho, mas vem com um monte de extras e, assim, parece que tem menos páginas de quadrinhos do que eu esperava. Por conta disso acho que ele acaba passando bem rápido por alguns autores.

Por exemplo, tem uma página inteira falando das leis de Newton, mas quando precisam falar que o Newtonfez um monte de outras coisas, foi Alquimista, Matemática, Filósofo e etc, isso tudo tem que ser resolvido em um quadro, o que não chega a ser um problema, já que no fim do livro tem descrições detalhadas de cada um dos cientistas, mas me gera um pouco de incômodo. Acho que dava pra tirar um pouco da zueira e dar um pouco mais de espaço para esses detalhes.

É claro que isso sou eu cagando regra e olhando de fora. Deve ter sido um inferno encontrar a dose certa entre a ciência e o humor.

Uma coisa sobre a qual eu preciso falar é que a como se controla a viagem no tempo é simplesmente sensacional.

 




 

Roteiro: Thiago Martins Firmo
Arte: Camila Cristina de Araújo

Então é isso. Excelente iniciativa de trazer a história da ciência para uma linguagem mais lúdica e acessível, que é mais ou menos o que eu tento fazer com o Observador Quântico.
Deixe sua opinião sobre isso aí nos comentários.
Leia. Compre. E financie o quadrinho nacional!

Curta a fanpage, siga no twitter e no instagram.
Compartilhe esse post.
Um abraço.
E tchal.

post publicado originalmente por mim no portal Cultura Nerd e Geek


Vulto

Desprezível.

Você pode gostar...