Choban – o curta mais psicodélico que você vai ver esse mês.

Salve, salve, seres humanos, cachorros, robôs, e velhas fodonas da terra e de qualquer outro lugar.

Pois é meu amigo, 2017 começou com um post good vibe aqui no site, mas já para o segundo dia temos um curta. Eu gosto de curtas e vocês já sabem disso, mas esse curta é especial.

Choban

Choban é um curta de 18 minutos, e geralmente eu acho esse tipo de curta muito longo para um curta e acabo deixando de assistir. Porém, Choban é tão estranho e tão drogado que me manteve preso até o fim.

Fazer uma sinopse é impossível, mas eu vou tentar.

Tem um cara quadrado que tem um cachorro. O cachorro é sequestrado por pessoas de um outro mundo mais tecnológico e seu dono vai atrás. O dono e seu cajado mágico viram astros da música enquanto o cachorro é mandado outro planeta onde ele conhece uma robô e uma velha que parece uma bruxa, ou uma freira, e tem poderes fodões usando costura.

É mais ou menos isso. Veja o vídeo. COM SOM!

 




Eu não sei você, mas eu adoro essa psicodelia, essa estranheza, esse excesso de elementos que nos fazem questionar o que estamos vendo o tempo todo. Eu adoro weird fiction, é isso.

Comentando alguns elementos. Achei sensacional o cajado mágico do cara quadrado, ele parece um super herói. Acho muito legal a velha que controla o universo com suas linhas e suas costuras. Os mundos ligados por uma árvore me lembra a cultura nórdica. O vermelho bizarro do outro planeta, pode ser uma referência à Marte, mas causa uma estranheza muito legal. A velha que vive isolada em um planetinha me lembra o Pequeno Príncipe, e me lembra também o homem que controla o universo da série do Guia do Mochileiro das Galáxias. Adorei o elemento do buraco de minhoca. Muito foda.

A transição da luneta em rifle é muito foda também.

Se você gosta de curtas psicodélicos veja também esses outros posts:
Chez Moi – um garoto conhece o namorado da mãe e ele é um pássaro
Eñvor – duas irmãs, um penhasco e neblina
The Maker – música e filosofia
The Backwater Gospel – o espírito da morte chega a uma cidadedezinha
Breathe. Terror

Bom. É isso. São tantos elementos legais que daria para falar por muito tempo aqui.
E você? Curtiu? Percebeu alguma referência que eu deixei passar?
Deixe aí seu comentário.
Curta a fanpage, siga no twitter.
Compartilhe esse post.
Um abraço.
E tchal.

via io9

Vulto

Desprezível.

Você pode gostar...